Jogos Santa Casa dão nome à edição especial da Volta

“Volta a Portugal Edição Especial Jogos Santa Casa” será a designação oficial da edição de 2020 da corrida mais importante para o pelotão português, que estará na estrada entre 27 de setembro e 5 de outubro.

O apoio dos Jogos Santa Casa foi o contributo decisivo para colocar na estrada uma edição muito especial da Volta a Portugal, numa altura de grandes desafios e incógnita, continuando a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa a assumir a sua Missão: contribuir para as boas causas.

Com dois intuitos fundamentais, a Federação Portuguesa de Ciclismo organiza o evento para garantir o futuro do ciclismo profissional no país e assumir a modalidade e a Volta como elementos centrais da cultura popular portuguesa e como exemplo de regresso responsável à normalidade.

“Esta edição será menos festiva do que é costume mas será mais sentida e simbólica. Para o ciclismo é um momento de afirmação da vitalidade do pelotão português e uma oportunidade para garantir o direito ao trabalho de todos quantos fazem desta modalidade o seu modo de vida em Portugal. No contexto global e nacional, pretendemos que seja uma edição com um forte pendor social. A caravana da corrida vai levar animação e uma mensagem de esperança aos lugares mais recônditos do país, passando a mensagem de que, com responsabilidade, é possível retomar a alegria de viver, mesmo em tempo de pandemia. Deixa-nos muito felizes ter os Jogos Santa Casa como patrocinador principal de uma Volta com tão grande carga simbólica”, afirma o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira.

“A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, através da marca Jogos Santa Casa, é a instituição que mais apoia o deporto nacional. Ao apoiarmos esta edição especial da Volta a Portugal estamos, mais uma vez, a assumir este compromisso numa altura de grandes dificuldades e desafios decorrentes da atual situação de crise que se vive no mundo e que afetou todos os setores, incluindo o Desporto. É para nós um orgulho enorme dar o nome a esta edição solidária da Volta e sermos patrocinadores da Camisola Amarela, sabendo que este nosso apoio fará toda a diferença na vida destes atletas do ciclismo profissional. Hoje e mais do que nunca, o desporto continua a ter todo o nosso apoio!”, salienta Edmundo Martinho, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

A Volta a Portugal Edição Jogos Santa Casa começa em Fafe, com um prólogo, no dia 27 de setembro, e termina em Lisboa, no dia 5 de outubro. O pelotão vai percorrer 1183,9 quilómetros. Três das etapas têm final coincidente com prémios de montanha: Santa Luzia, em Viana do Castelo, terceira categoria, Senhora da Graça, em Mondim de Basto, primeira categoria, e Torre (Covilhã), categoria especial.

Os corredores vão ainda enfrentar 24,7 quilómetros em sistema de contrarrelógio individual, 7 no prólogo e 17,7 no contrarrelógio que encerra a competição, em Lisboa.

Percurso
27 de setembro – Prólogo: Fafe – Fafe, 7 km (CRI)
28 de setembro – 1.ª Etapa: Montalegre – Santa Luzia (Viana do Castelo), 180 km
29 de setembro – 2.ª Etapa: Paredes – Senhora da Graça (Mondim de Basto), 167 km
30 de setembro – 3.ª Etapa: Felgueiras – Viseu, 171,9 km
1 de outubro – 4.ª Etapa: Guarda – Torre (Covilhã), 148 km
2 de outubro – 5.ª Etapa: Oliveira do Hospital – Águeda, 176,3 km
3 de outubro – 6.ª Etapa: Caldas da Rainha – Torres Vedras, 155 km
4 de outubro – 7.ª Etapa: Loures – Setúbal, 161 km
5 de outubro: 8.ª Etapa: Lisboa – Lisboa, 17,7 km (CRI)