Lisboa, capital da consagração da Volta

“Olhai, senhores, esta Lisboa d’outras eras”, que esta segunda-feira, 5 de outubro, dia de história em Portugal, terá mais uma vez o seu lugar na história da Volta. É o regresso da capital ao percurso como chegada, com a festa a poder ser novamente a azul e branca da W52-FC Porto. Alguém surpreende Amaro Antunes?

Há quatro anos, Rui Vinhas confirmou a surpresa ao fazer o contrarrelógio de uma vida para segurar a camisola amarela. Esta segunda-feira é Amaro Antunes quem irá em 17,7 quilómetros tentar selar uma vitória que começou a ganhar forma na Senhora da Graça.

Desse pódio de 2016, Gustavo César Veloso pode repetir a presença. Foi segundo, venceu o contrarrelógio e bem queria ganhar a sua terceira Volta a Portugal. Na Edição Especial Jogos Santa Casa está em terceiro, a 1:13 e tem novamente um colega de equipa como principal rival. Aos 40 anos, mantém vivo o sonho da terceira conquista.

Mas é Frederico Figueiredo quem está mais perto de Amaro Antunes. Apenas tem 13 segundos de diferença Porém, o contrarrelógio é um calcanhar de Aquiles para o líder da Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel. O percurso plano, as zonas de empedrado, nada ajuda Figueiredo, mesmo que Amaro Antunes, também não seja um especialista. Mas, como mostrou Vinhas, o contrarrelógio de uma vida pode mudar tudo. A distância entre ambos não permite o algarvio pensar que tem a vitória garantida.

A Edição Especial da Volta a Portugal terá assim o seu epílogo, com o pódio a já ter lugar marcado para Hugo Nunes (vencedor da montanha) e para Luís Gomes (vencedor da camisola dos pontos).

Veloso é um dos fortes candidatos a vencer novamente no contrarrelógio, tal como em 2016 e tal com fez há uma semana no prólogo de Fafe. João Benta (Rádio Popular-Boavista) e Joni Brandão (Efapel) estão a 14 e 24 segundos de Veloso, mas chegar ao pódio será uma missão difícil. Rafael Reis (Feirense) tem nova oportunidade para ganhar na sua especialidade.

Oscar Pelegri (Feirense) será o primeiro a partir na Avenida da Ribeira das Naus, às 15h22, com Amaro Antunes a arrancar às 17h00. A Praça do Comércio espera pelo sucessor de João Rodrigues.